top of page

A TERRA NÃO É NOSSA CASA. SOMOS INTRUSOS?

Atualizado: 28 de abr.


A Terra é um ser generoso, mas a paciência terá fim.


O humano é a única espécie que precisa criar condições técnicas para garantir sua sobrevivencia na natureza. Precisa construir tendas, cabanas, casas, apartamentos como abrigos. Precisa de roupas, casacos, botas, luvas, gorros e armas para encarar a natureza. Precisa de carros, onibus, barcos e aviões para se deslocarem.


Precisa ainda plantar comidas, comer bichos e até produzir alimentos em máquinas. Os humanos precisam criar um mundo artificial e ferramentas como extensões do corpo para existir.  Somos como robôs biológicos dotados de uma sofisticada programação que chamamos de consciência, espírito e emoção.


A contrario de nós, todos os demais seres que chamamos de irracionais estão inteligentemente integrados ao ambiente. Lobos, ursos e gorilas não precisam de casacos e botas no frio nem de ferramentas; cavalos, raposas, gaviões, corujas, morcegos, abelhas e formigas não precisam levantar blocos de tijolos para construir abrigos. Peixes não precisam de tubos de oxigênio nem pés de pato.


Toda a natureza vive da própria natureza. Encontra o alimento e a cura no próprio ambiente. Nós ao contrário precisamos alterá-lo para sobreviver. Precisamos até destrui-lo. Qual ser precisaria modificar tão drasticamente o ambiente para adaptá-lo às suas necessidades e interesses? Talvez porque não seja do lugar, não tenha vínculos reais, esteja de passagem como visitante, invasor alienígena, não seja da Terra.


ESTRAGO INEVITÁVEL


Fato é que estamos estragando o lugar. Por mais que percebamos o estrago não conseguimos evitá-lo. À medida que crescem as populações, crescem as destruições. O lixo se espalha, os esgotos sujam mares e rios, as doenças avançam e nada é capaz de impedi-las.


A ciência corre atrás de curas que não acontecerão. Quando ocorre um sucesso, surjem novas moléstias num ciclo sem fim. O mundo artificial é autodestrutivo. Não há como curar a humanidade dentro da própria doença. Sintomas podem ser amenizados mas a causa segue intacta.


A Terra é um ser vivo, muito vivo e generoso, mas sua paciência terá fim. É insustentável, insuportável existir sob constante ataque. A reação virá com intensidade, não há como evitar. Será o boot do sistema. Não dá pra saber se reiniciará, mas seu fim será necessário.



Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page